Projeto Giroteca

Projeto Giroteca: Leia e compartilhe o conhecimento

Mais do que reciclar livros, a ideia é compartilhar conhecimento. Com um pouco mais de três anos, o projeto Giroteca, criado pela revista, tem mostrado bons resultados, mas quer ainda mais. A regra é muito simples: gostar de ler e de repartir boas histórias.

São cinco expositores em Itapoá, Sacolão do Pontal, Prefeitura Municipal de Itapoá, Mercado Biss, Restaurante Dona Elza, Conveniência Skina na Barra do Saí,  e três em Guaratuba, Faculdade Isepe, Panificadora Brotpão e Panificadora Chateaubriand, com livros à disposição para leitura. Qualquer pessoa pode pegar um livro, deixar outro ou optar por uma única opção, o importante é lembrar que outras pessoas também podem conhecer aquela história e, quanto mais gente lê, mais importância o livro ganha.

O lugar de um livro é nas mãos de um leitor. Nada de pó de estante, caixa no armário e muito menos na lixeira. Livro é sinônimo de educação e conhecimento e, como bons letrados, sabemos que conhecimento nunca é demais e ele nunca estaciona, todos os dias surgem novas coisas para aprender.

Nos finais de semana, feriados e férias, o que aumenta é a curiosidade dos visitantes. Tturistas de diferentes cidades perguntam se os livros estão à venda ou se podem emprestar também. Há quem passa de vez em quando, mas também tem os leitores cativos.

Vanderlei Jardim é um deles. Há seis meses em Itapoá, já leu vinte livros desse único expositor. Como sempre gostou de ler, uniu o tempo livre para conhecer novas histórias. Segundo ele, ali aparecem livros dos mais variados gêneros, mas os seus preferidos são de histórias de espionagem que, para ele, exercitam a mente. “Aqui li toda a série de livros ‘Implacáveis’, entre outros muito bons”, conta.

O leitor já conhecia um projeto parecido nas linhas de ônibus de Curitiba e parabeniza a ideia. “É um projeto muito bom, desde que a pessoa não deixe os livros em casa. É preciso devolver e compartilhar novos livros”, afirma. Por enquanto, ele lamenta o fato de não estar com os livros em Itapoá para a doação, mas garante que devolve todos que empresta.

A consciência de devolução e de novas doações deve seguir a mesma linha do empréstimo. Participe dessa campanha de incentivo à leitura, de compartilhamento de conhecimento. Empreste, leia, devolva e doe!

Categorias:Projeto Giroteca

1 resposta »