Sonhando e realizando juntos

Sempre juntos, batalhando, sonhando e conquistando seus objetivos, a história de amor do casal Luciane dos Santos Batista Marco e Rodrigo Marco é daquelas que inspiram. Pais de dois filhos e apaixonados pela vida no mato, eles trabalham juntos há quinze anos, na Auto Elétrica Marco.

Ana Beatriz Machado Pereira da Costa

WhatsApp Image 2019-06-08 at 9.55.18 AM (1)
Curtição na neve! Luciane e Rodrigo com os filhos Murilo e Vinicius. a família adora conhecer novos lugares.

O ano era 2002. Aos finais de semana, a diversão em Itapoá era se encontrar à noite na Avenida André Rodrigues de Freitas, em Itapema do Norte. Certa vez, Luciane estava na avenida acompanhada de uma amiga. “Essa amiga em questão tinha uma motocicleta Ela estava interessada em um rapaz e, para achar um pretexto para falar com ele, parou-o na rua e simulou uma falta de gasolina”, recorda Luciane. O rapaz não tinha a gasolina, mas interessou-se em ajudar as duas moças e imediatamente ligou para um amigo.
O amigo era Rodrigo que, enfim, chegou com a gasolina de que “precisavam”. “Ele chegou e nós pensamos ‘e agora?’, já que a história da falta de gasolina era mentira. Então, fomos nós quatro dar uma volta”, lembra Luciane. O romance entre sua amiga e o tal rapaz não foi para frente, mas Luciane e Marco se apaixonaram e começaram a namorar.
Mais tarde, souberam que sempre frequentaram os mesmos lugares, mas por algum motivo não haviam se conhecido antes. Ainda, Luciane descobriu que Rodrigo era o rapaz de quem seu pai pretendia lhe apresentar: “Meu pai era cliente de Rodrigo, que na época já tinha a Auto Elétrica Marco. Ele sempre falava sobre um rapaz, o qual gostaria de apresentar para mim. Mas o destino encarregou-se de nos aproximar naquela noite”.
E assim nasceu essa história de amor, graças a uma “falta” de– uma mentirinha do bem, que deu muito certo.

WhatsApp Image 2019-06-08 at 9.55.19 AM
Todo ano, Luciane e Rodrigo tiram férias
para aproveitar o merecido descanso.

‘Do mato’
Logo em 2003, Luciane e Rodrigo se casaram. “Nos entendemos muito bem, pois tínhamos muitas afinidades em comum, principalmente por conta de nossa criação” comentam.
Luciane fora criada em meio ao mato, no município de Tijucas do Sul (PR), onde costumava acampar, andar a cavalo e ajudar seu pai que trabalhava com corte de madeira. Ela conta que começou a trabalhar desde os DEZ anos de idade, ajudando a cuidar de bebê , por isso, aprendeu a dar valor no dinheiro e no suor do trabalho. Seus pais, Zelinda e Ivo (popularmente conhecido como `Ivo do Carvão´ pelos moradores do município de Itapoá), foram as influências primordiais para que Luciane levasse o relacionamento adiante, conta ela: “Sempre me espelhei muito no casamento dos meus pais, onde meu pai sempre cuidou muito bem da minha mãe, sempre tiveram um relacionamento baseado em parceria e confiança. Além de que meu pai sempre cuidou muito bem dos filhos, ele sempre fora aquele tipo paizão em que a gente pode contar para tudo. E eu sempre pensava comigo mesma, que no dia em eu viesse a ter alguém para compartilhar a vida e ter os meus filhos, que fosse um relacionamento assim como o dos meus pais. E eu só tenho a agradecer pela influência de vida que eles me deram, pois, se hoje sou quem eu sou e levo a vida que eu tenho, é graças à eles, que sempre foram as pessoas mais importantes para mim”.
Por sua vez, no interior de Canoinhas (SC), Rodrigo fora criado no sítio, na companhia de animais e vida no mato. Desde criança trabalhou com o pai em sua oficina mecânica. Em Itapoá, seu pai abriu uma pequena auto elétrica. Quando Rodrigo casou-se com Luciane, decidiu montar seu próprio negócio, uma auto peças e auto elétrica. “Ganhei algumas peças de meu pai, Sergio Marco, aonde tenho muito a agradecer, e minha mãe Marcia, a quem tenho eterna gratidão e admiração, pois, assim como ela, Luciane viera mais tarde a trabalhar junto comigo, e assim como meus pais, construindo juntos o nosso próprio alicerce.” E o restante batalhamos muito para conseguir. Na época, escolhi vender meu carro, uma Saveiro, e com o dinheiro da venda comprei uma caixa de peças – tudo isso para investir no negócio”, lembra.
Assim como Luciane, Rodrigo também tinha espírito aventureiro, de quem gosta de viver em meio ao mato, fazer trilhas, acampamentos, viagens de motocicleta, entre outras. Graças à sua criação, ambos tornaram-se pessoas fortes, resistentes aos problemas da vida e batalhadoras.

Prosperando
Quinze anos atrás, quando juntaram as escovas de dente, Luciane deixou seu emprego para trabalhar ao lado do esposo, na Auto Elétrica Marco. No âmbito profissional, a dupla teve muito entrosamento, também. Rodrigo, com anos de expertise em consertos de veículos, gosta mesmo é de estar “com as mãos sujas de graxa” – como ele diz. Enquanto isso, Luciane tornou-se responsável pelo atendimento e pela administração da empresa.
Lá no início, quando compraram o terreno e construíram a Auto Elétrica Marco na Rua Ana Maria Rodrigues de Freitas, em Itapema do Norte (onde a empresa funciona até os dias atuais), o casal passou a viver em um espaço pequeno, nos fundos da loja. “Juntos, trabalhamos muito, até mesmo depois do horário comercial. Sempre demos muito valor para as coisas e, por isso, tínhamos consciência de guardar cada centavo, seja para construir a empresa ou nossa casa”, recordam.
E não foi somente nos negócios que Luciane e Rodrigo prosperaram. Quatro anos após o casamento, em plena obra da casa, veio o primeiro filho do casal, Vinicius (atualmente, com 11 anos de idade). Intencionalmente, pensando na amizade entre os irmãos, menos de três anos depois, veio Murilo (atualmente, com 8 anos de idade). A fama de guerreira que Luciane leva não é à toa. Ela já perdeu o bebê de duas gestações, mas nunca desistiu de tentar, até que chegaram Vinicius e Murilo. Ela lembra: “Em minha primeira gestação, trabalhei até o dia em que fui para o hospital ganhar o Vinicius, e sete dias depois já estava trabalhando novamente. Na segunda vez, quando dei à luz ao Murilo, ansiosa para sair daquele hospital, coloquei meu bebe no carro e vim dirigindo para casa feito uma doida”.
Trabalhar em casal tem seus prós e contras. Todo ano, Luciane e Rodrigo viajam de férias. Ele conta que até consegue se desligar do trabalho, mas ela não. “Durante as férias, sempre que dava um sinalzinho de rede, me pegava resolvendo alguma coisa do trabalho. Não gostaria de perder um cliente por não conseguir atender uma ligação”, confessa a workaholic. Aos poucos, o casal aprendeu a deixar os problemas de trabalho apenas no ambiente do trabalho e a curtir o tão merecido descanso.
Juntos
Preço justo, qualidade do serviço e bom atendimento são os fortes da Auto peças Marco. Além de peças, elétrica e mecânica, o casal incluiu recentemente em seus serviços uma locadora de veículos. “Percebemos que muitas pessoas deixavam seus veículos no conserto, mas enquanto isso tinham compromissos inadiáveis. Daí a ideia de incluir a locadora de veículos”, explica Luciane. Sempre em busca de novidades, Rodrigo FEZ um curso de especialização em ar condicionado automotivo, aumentando ainda mais o leque de serviços oferecidos.
Nas horas vagas, realizar trilhas com motocicleta é uma das paixões de Rodrigo. Já Luciane, gosta de pedalar e de e sempre estar em busca de uma nova aventura.. Os filhos, Vinicius e Murilo, já seguem os passos dos pais: gostam de acampar, de ir ao sítio da família, em Tijucas do Sul, da vida no mato e de andar de motocicleta. “Eles são nossos parceiros para tudo”, diz o casal.
São quinze anos casados e empreendendo a dois. Hoje, a Auto Elétrica Marco é referência no município de Itapoá, conta com uma equipe de 14 colaboradores especializados, oferece serviços de auto elétrica, autopeças, mecânica e locadora de veículos. Olhando para trás, os proprietários não deixam de agradecer aos seus clientes: “nossos clientes nos motivam todos os dias”.
Ainda, Luciane e Rodrigo ressaltam as qualidades do outro pelas quais se apaixonaram: “o zelo que ele tem por mim”, diz ela, e “ela ser forte, guerreira e parceira”, diz ele. Para o futuro, o casal planeja continuar cuidando de sua família e de seu trabalho, caminhando junto e com os mesmos objetivos.