Projeto Urbanístico Riviera Santa Maria começa a sair do papel em Itapoá

Após nove anos de espera, uma das propostas de projeto urbanístico mais modernas planejada para o município de Itapoá, que valoriza a relação entre pessoas e o meio ambiente, começa a sair do papel. No último dia 27 de fevereiro, o Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina concedeu duas licenças importantes à IGG Administração e Comercialização de Bens Móveis e Imóveis Ltda. (ACBMIL), empresa proprietária da área onde será implantado o Projeto Riviera Santa Maria.

rsm vista itapoá-1

São elas a Licença Ambiental de Implantação (LAI) e a Autorização de Corte (AuC), as quais dão a largada para o desengavetamento do projeto. Conforme a IGG ACBMIL, ainda restam decisões importantes para serem tomadas a fim de permitir o início das obras, como o registro do loteamento. Somente após isso é que os trabalhos no local de fato começarão.

licenca1

 

licenca2

Desenvolvido pelo renomado urbanista Jaime Lerner, o Riviera Santa Maria tem o propósito de gerar uma nova identidade para o município de Itapoá, proporcionando a integração de moradia, praia, esporte, natureza e cultura em um espaço democrático, ecologicamente adequado e com qualidade urbana. Além das moradias, haverá espaços para creches, postos de saúde, escolas, dois lagos e áreas verdes.

Um dos pontos altos do projeto é a parte frontal do empreendimento, denominada por Jaime Lerner de Praia de Bambu. Neste espaço de uso público, serão alocadas lojas, restaurantes e áreas de descanso e lazer. Está prevista também a construção de uma alameda para pedestres que permitirá a conexão entre os estabelecimentos. Além disso, as construções e o passeio terão cobertura de bambu, em formatos diversos, dando uma característica muito peculiar ao empreendimento.

Durante todo o processo de análise do projeto, parceiros importantes da IGG ACBMIL contribuíram para a aprovação do projeto, entre eles, o escritório Jaime Lerner Arquitetos Associados (JLAA), responsável pelo Masterplan; Acquaplan Tecnologia e Consultoria Ambiental, encarregada pela redação do Estudo de Impacto Ambiental (EIA/RIMA); Vector GEO 4D, responsável pelos projetos básicos de infraestrutura; IOCH Engenharia Simultânea, que fez o projeto elétrico; SC Engenharia de Meio Ambiente, encarregada pelos estudos geológicos; e Brümmer Advocacia, que ofereceu aconselhamento jurídico.

O trabalho do grupo desenvolvedor, composto pelas empresas: PHD Administração e Comercialização de Bens Móveis e Imóveis Ltda., Rio Negro Consultores Associados S/C Ltda, A2V Participações e Consultoria Ltda e Efing & Rocha Advogados Associados foram decisivos para a obtenção das licenças. Com a obtenção das licenças e a necessária segurança jurídica será constituída a empresa IGG Sociedade Anônima composta pelos membros da IGG ACBMIL e o grupo desenvolvedor, o qual será responsável pela implantação do projeto Riviera Santa Maria.

O empreendimento Riviera Santa Maria também conta com o apoio da Secretaria de Municipal de Planejamento da Prefeitura de Itapoá e da Câmara de Vereadores, que consideram o projeto inclusivo, inovador, transformador e ambientalmente responsável.